sábado, 6 de outubro de 2007

EU PERTENÇO A JESUS - Testemunho do melhor atleta do mundo.

Dezenas de milhares de atletas profissionais do mundo inteiro elegeram o brasileiro Ricardo Izecson Santos Leite Data, Kaká, assim mundialmente conhecido, como o melhor atleta de futebol do mundo, em 2007. A FIFA só vai escolher o melhor atleta em dezembro.

Esse fato me fez lembrar o fim da Copa dos Campeões da Europa e o que escrevi a propósito desse grande atleta e seu gesto notável. Senti desejo aqui reproduzir o texto, com as alterações necessárias.

Impressionou-me naquele dia a conduta do jogador Kaká, ao fim da disputa da Champions League, em memorável partida realizada em Atenas, dia 23 de maio deste ano.

Enquanto outros atletas do Milan corriam e celebravam o notável triunfo sobre o Liverpool, da Inglaterra, Kaká levantou a camisa de seu time e mostrou a que estava debaixo, em que se estampavam as palavras: “I Belong to Jesus”, “Eu Pertenço a Jesus”.

Ele não se envergonhou de Seu Senhor. Ele afirmou, por outro lado, não pertencer a qualquer líder humano, mesmo o fundador e chefe de sua igreja. Ele afirmou, sim, que pertence a Jesus.

Pertence a Jesus, porque comprado por bom preço, o sangue do próprio Salvador por ele derramado no Calvário.

Pertence a Jesus, e não ao Brasil, à Itália, à torcida brasileira ou italiana, aos amantes de futebol em todo o mundo, ainda que amado e apreciado por todos.

Pertence a Jesus, e por isso sua conduta tem revelado um homem sério e digno, o que o torna respeitado e aplaudido por toda gente.

Pertence a Jesus, e por isso procura atuar com profissionalismo, dando o melhor de seu talento à excelência e integridade na vida e na busca de vitórias de seu time.

Pertence a Jesus, porque sabe que a maior felicidade humana não reside na fama, no dinheiro, no sucesso, mas no relacionamento pessoal com Jesus Cristo e na certeza da salvação garantida por Seu sacrifício redentor.

Pertence a Jesus, e por isso deseja que a Europa inteira, o mundo inteiro também pertençam a Jesus, mediante a fé pessoal nEle.

Quisera eu que todo crente, em momentos de aflição ou no alvoroço do triunfo, afirmasse sem acanhamento, sem tergiversação e a aproveitar toda oportunidade: “Eu pertenço a Jesus”.

3 comentários:

ronilson disse...

Marcos 8:38 "Porque qualquer que, nesta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos."

A exemplar atitude do Kaká nos exorta a assumirmos nossa identidade Cristã independente das circunstâncias. Quiçá nós, que nos dizemos cristãos neste mundo moderno e contemporâneo, seguíssemos o exemplo do Kaká.

Parabéns ao Kaká pelo exemplo e ao Pr. Irland pelo texto tão inspirador.

Ronilson B. Teixeira

Ricardo disse...

Kaká é exemplo, e o texto muito inspirador. Acho, entretanto, paradoxal c/ seu comportamento ele aparentemente não ter se desvinculado da igreja Renascer, uma vez que ela está com o testemunho frontalmente prejudicado, com seus donos sangrando em praça pública. Mas sem dúvida Kaká é grande em seu testemunho pessoal (além de brilhante jogador, o melhor do mundo talvez).

joao pedro disse...

Oi,meu nome é João Pedro,tenho 16 anos. o kaká é um exemplo não só como jogador mas como uma pessoa digna que acima de tudo ama o nosso bom Deus e Jesus acima de todas as coisas,acima de todos os bens materiais!
Não vou mentir,ja me compararam com ele no estilo de jogar e hoje em dia me espelho nele por ser um homem de Deus,hoje graças a Deus eu sou crente e não me arrependo dessa escolha,quero conquistar meus objetivos para honra e gloria do senhor Jesus, quero sim um dia me torna um jogador de futebol,quero sim ser usado por Jesus,e com minha fé e perseverança no senhor eu sei que vou conseguir e vou vencer!
desejo a todos,SAÚDE,PAZ E PROSPERIDADE E QUE DEUS ABENÇOE A TODOS!